ligado: maio 29, 2018

Pesquisa feita pela Federação das Câmeras de Dirigentes Lojistas do Estado de São Paulo (FCDLESP) mostra que, para 84,78% dos lojistas do estado, a greve dos caminhoneiros influenciou diretamente no movimento do comércio.

Embora ainda não se tenha um número exato sobre o prejuízo, cerca de 52,17% dos lojistas tiveram problemas com o abastecimento.

Ainda segundo a pesquisa, apenas 31,42% afirmam ter tido problemas de faltas de funcionários durante este período. Destes, 97,72% vão compensar o dia de trabalho. A pesquisa da FCDLESP ouviu cerca de 200 representantes de CDLs (Câmaras de Dirigentes Lojistas) do Estado de São Paulo.